T-rex quando as galinhas tinham dentes

A exposição T-rex: quando as galinhas tinham dentes vai transportar os visitantes do Pavilhão do Conhecimento numa viagem ao tempo dos dinossauros.

Miúdos e graúdos poderão olhar nos olhos de um T-rex em tamanho real com mais de cinco metros de comprimento e assistir a cenas de enorme realismo com animais robotizados, tais como um T-rex a alimentar-se de um Triceratops ou um Ankylosaurus a defender-se com a sua impressionante cauda.

Acredite que vai sentir-se pequenino junto do gigantesco esqueleto do T-rex!

Mas não é tudo. Poderá tocar um fóssil de pegada de um saurópode e sentir como era a sua pele, assim como descobrir um dos maiores e mais antigos ninhos de dinossauro do mundo, que pertenceu à espécie portuguesa Lourinhanosaurus.

Nesta exposição em que a “estrela” é um dos maiores carnívoros de todos os tempos - o Tyrannosaurus rex - o visitante terá de assumir o papel de um verdadeiro “detective científico” e, depois de analisar a informação, tocar e observar réplicas de ossos de vários dinossauros respondendo às perguntas: Será que o T-rex viveu em Portugal? Era um caçador ou alimentava-se de animais mortos? Teria escamas ou o corpo coberto de penas? Por que desapareceu da face da Terra tão subitamente? E será que os dinossauros se extinguiram mesmo todos ou ainda podemos encontrar dinossauros vivos por aí?

T-rex: quando as galinhas tinham dentes foi um sucesso no Museu de História Natural de Londres e adaptada à realidade portuguesa pelo Pavilhão do Conhecimento com a colaboração do Museu Nacional de História Natural e da Ciência, do Museu da Lourinhã e do Museu Geológico. Coordenação científica de Galopim de Carvalho.

A exposição está patente no Pavilhão do Conhecimento até 8 de Setembro 2013.

 

 

 

 

 

   

 



Módulos



O Pavilhão do Conhecimento é membro de:

rede logo
ecsite logo
eusea logo
astc logo
icom logo
turismo logo


Newsletter


Inscreva-se Inscreva-se