Na exposição "Dinossauros: O Regresso dos Gigantes", recuamos no tempo e viajamos até à Era Mesozóica, entre 251 e 66 milhões de anos. O nosso planeta é quente, húmido, rico em vegetação e recheado de espécies exóticas. Gigantes com pescoços longos ou criaturas do tamanho de pombos, cobertos por escamas e penas, espinhos ou couraças. Os dinossauros habitaram a Terra e desafiam a nossa imaginação!

COMPRAR BILHETE

Atualmente, descobre-se, em média, uma nova espécie de dinossauro por semana. O que comiam? Como se camuflavam ou se defendiam? Que rituais de acasalamento ou cuidados parentais apresentavam? O uso de tecnologias inovadoras permite responder a estas e muitas outras questões de um mundo desconhecido.

Nesta exposição, entramos numa empolgante redescoberta do passado, em que também os dinossauros portugueses estão em grande destaque.

Reimaginar é tão importante como descobrir pela primeira vez!

Patente até setembro de 2023

 

Dinossauros Modelo

Espécies que conhecemos desde pequenos e tudo o que a ciência descobriu sobre este mundo dos dinossauros, recorrendo às técnicas de investigação mais recentes.

Herbívoros, carnívoros, grandes, pequenos, couraçados, com golas, chifres, cristas e dentes afiados. Nesta exposição vamos ficar a conhecer de perto e à escala real muitos dos dinossauros mais carismáticos que conhecemos desde sempre.

Os novos residentes do museu são o Ankylossaurus,  o Tyrannosaurus rex, o Ornithomimus, o Stegossaurus, o Triceratops, o Deidonychus e muitos mais!

Dinossauros Portugueses

Pela primeira vez, os dinossauros que viveram no território que é Portugal estão todos juntos e desenhados à escala. Na parede maior do Pavilhão do Conhecimento, a maior coleção de espécies nacionais destes gigantes. Imaginava que pelo território português caminharam um dia dinossauros tão diversos e coloridos?

Já tinha ouvido falar no Iberospinus ou no Lusitanosaurus?

Venha conhecer e aprender mais sobre os dinos portugueses!

 

Missão: Escavação

Numa escavação, um olho treinado é uma ferramenta importante: formas, texturas ou cores diferentes numa rocha podem revelar o próximo fóssil a revolucionar a história da vida na Terra. Por baixo da fina camada de areia, algo se esconde. 3, 2, 1...toca a escavar.

E depois analisar no laboratório, catalogar e descobri. Aqui pode experimentar trabalhar como um paleontólogo!

 

Na Tenda de Campanha

Desenterrar um fóssil e desvendar a sua história é um trabalho fascinante, mas árduo. Tudo começa com a pergunta “O que quero procurar?”.

Uma expedição pode demorar meses, o acesso às jazidas pode ser perigoso e as condições atmosféricas nem sempre serão favoráveis. Convém colocar na mala uma boa dose de sorte e paciência!

Máquinas do Tempo

Em Paleontologia passa-se mais tempo no laboratório do que numa escavação. É no laboratório que técnicas inovadoras e sofisticadas atuam como máquinas do tempo, permitindo reescrever quase tudo o que se sabe sobre os dinossauros e outros organismos do passado.

Realize a tomografia de um crânio de dinossauro ou descubra porque são os microfósseis importantes. Desvende os sons que dominavam o Cretácico e faça uma ilustração científica de um dinossauro.

Testemunhos

A paixão pelos dinossauros junta as vozes de cientistas e de jovens portugueses. Na exposição, podemos ouvir o que os entusiasma e que emoções despertam os gigantes extintos há 65 milhões de anos, numa série de registos feitos especialmente para a mostra.

A excitação da descoberta, as histórias e aventuras de uma escavação, a dedicação ao trabalho de laboratório, o gosto de saber mais sobre os dinossauros. Uma paixão sentida nestes e ainda mais testemunhos, partilhados na íntegra com todos os que visitam o Pavilhão do Conhecimento.

“Luto para que um novo geomonumento [em Portugal] seja considerado um pólo de interesse internacional com toda a grandeza que merece”

Galopim de Carvalho | Professor catedrático jubilado pela Universidade de Lisboa

“Eu gostava de ver como é que os dinossauros viviam”

Laura | 6 anos

“Nunca sabemos o que é que nos pode levar à próxima descoberta”

Elizabete Malafaia | Paleontóloga - Instituto D. Luiz

“Podemos ser paleontólogos sendo adultos e sendo crianças”

Octávio Mateus | Paleontólogo - NOVA FCT-UNL

“O mais giro dos dinossauros é que há sempre coisas novas a descobrir”

Gabriela | 11 anos

“Há sempre muito a descobrir e muitas vezes está mesmo debaixo dos nossos olhos”

Luís Azevedo Rodrigues | Paleontólogo – Diretor do Centro Ciência Viva de Lagos

Atividades Educativas

A exposição “Dinossauros: O Regresso dos Gigantes” é o cenário perfeito para duas atividades educativas muito especiais, para famílias e escolas. Já pensou em passar a noite ao lado de um T.rex? E se tivesse ocorrido um crime no Pavilhão do Conhecimento, estaria disposto a ajudar na investigação?

Tudo parece tranquilo na escuridão do museu mas… só aparentemente! Há uma vítima, pegadas e muitas pistas, mas apenas  duas horas para resolver o mistério. Está preparado para descobrir o que aconteceu?

Uma emocionante aventura noturna que começa quando o último visitante sai. Venha passar a Noite no Museu e, de lanterna na mão,  aprender mais sobre os dinossauros e o trabalho dos paleontólogos.

Informações Gerais

Horários

3ª a 6ª | 10:00-18:00

Fins de semana | 10:00-19:00

Feriados | 10:00-19:00

Encerra à 2ª feira

A exposição vai estar patente até setembro de 2023

 

Localização e preços

Informação sobre localização e transportes aqui

Bilheteira online e preçário aqui

COMPRAR BILHETE

 

Escolas

Informação sobre visitas escolares aqui

 

 

O Pavilhão do Conhecimento é membro de:

rede logo
ecsite logo
eusea logo
astc logo
turismo logo
icom logo


Newsletter


Subscrever Subscrever

icom logo

icom logo
Subscrever newsletter Subscrever newsletter