Comunicado de Imprensa

Passe um sábado cientificofabulástico com o Chapitô e o Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva

26 de Maio de 2010



Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva


 

DIVULGAÇÃO IMEDIATA

No próximo sábado, 29 de Maio, Teresa Ricou vai ser directora por um dia do Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva. As artes circenses irão assim ao encontro da ciência. Vai ser um dia cientificofabulástico cheio de acrobacias e malabarismos para todos os públicos entre as 11h e as 23h. O bilhete de entrada tem o custo único de 1 euro.

Neste dia especial, para além dos monitores do Pavilhão que habitualmente guiam os visitantes na exploração das exposições, as salas também estarão cheias de “monitôs”, artistas do Chapitô que irão trazer humor a este centro de ciência. Como se transforma um simples balão numa flor ou num cão? As respostas estão no workshop de escultura de balões que, como diria o apresentador de um espectáculo de circo, é para “meninos e meninas, senhoras e senhores”. Os visitantes do Pavilhão do Conhecimento irão ainda assistir à revelação de alguns dos truques de magia mais intrigantes do circo. Guiados pelo cheiro a pipocas e a algodão-doce, vão também conhecer a ciência que está por detrás destas guloseimas n’A Cozinha é um Laboratório e lamber os dedos de satisfação.

Será possível encher um balão dentro de uma garrafa? E atravessá-lo com uma agulha? Estas são algumas das experiências da Ciência com Balões, uma das várias actividades do Experimentástico, a decorrer durante todo o dia no espaço exterior do Pavilhão do Conhecimento, tal como as performances em andas e monociclos do Chapitô. A hora do chá é o momento ideal para se fazer uma pausa e provar uma infusão de Melissa officinalis ao som de um foxtrot original dos anos 20, tocado num gramofone da época. E saber, com o musicólogo João Pimentel, como é que a forma como ouvimos um disco mudou radicalmente no último século.

Ao cair da noite todas as atenções vão estar viradas para as paredes da nave do Pavilhão do Conhecimento. Artistas do Chapitô vão fazer delas o palco ideal para voos e piruetas ao estilo dos melhores acrobatas do circo. A partir das 22h, o músico Zé Pedro (Xutos e Pontapés) junta-se a esta grande festa do circo e da ciência como DJ da CLOWN PARTY.

De Fevereiro a Novembro, no último sábado de cada mês, o Pavilhão do Conhecimento celebra a relação da cultura científica e tecnológica com a música, a moda e o design, o teatro, as artes circenses, a literatura e a dança, recebendo como directores Mário Laginha (músico), Cesário Costa (Orquestra Metropolitana de Lisboa), Bárbara Coutinho (directora do MUDE), Henrique Cayatte (designer), Francisco Rebelo (músico), Carlos Martins (músico e director artístico), Mark Deputter (director do Teatro Maria Matos), Patrícia Portela (encenadora e autora), Per Edvin Persson (director do Eureka Science Center, Finlândia) e Rui Horta (coreógrafo), entre outros.

Programa completo em www.pavconhecimento.pt

Mais informações:

Departamento de Comunicação Catarina Figueira: 96 156 09 26

ecsite logo
eusea logo
astc logo
icom logo
turismo logo


Newsletter


Inscreva-se Inscreva-se