Comunicado de Imprensa

Invista na OPA (Oficina Portátil de Artes) no 24 de Abril, sábado, no Pavilhão do Conhecimento-Ciência Viva

20 de Abril de 2010



Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva


 

DIVULGAÇÃO IMEDIATA

No próximo sábado a arte de rua vai ao encontro da ciência no Pavilhão do Conhecimento-Ciência Viva. Participe na OPA (Oficina Portátil de Artes) no 24 de Abril e dê largas à criatividade artística no grande mural da liberdade que irá nascer neste centro de ciência. Assista a filmes e documentários que mostram porque é que Lisboa é uma cidade multicultural e experimente sentar-se na cadeira do poder através de jogos de improvisação com um grupo de actores. Neste dia, Carlos Martins, músico e director artístico, e Francisco Rebelo, músico (Cool Hipnoise, Cacique 97 e Orelha Negra), vão ser directores por um dia do Pavilhão do Conhecimento.

Conhece o som que sai de um lamelofone? Ou a ciência que está por trás de uma fotografia? No dia em que passam 20 anos sobre a colocação em órbita do Hubble, assista ainda a um concerto improvisado de saxofone (Carlos Martins) e harpa (Eduardo Raon), inspirado neste telescópio espacial e comentado pelo investigador José Afonso, do Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa.

Se é visita habitual do Pavilhão e acha que já conhece todos os seus sons, ouça-os no próximo sábado de uma forma diferente através das manipulações com laptop, baixo eléctrico e dispositivos produzidas por Carlos Santos e Francisco Rebelo. A partir das 20h, a música transfere-se para a garagem do Pavilhão com as performances de Bob The Range Sense, Batida Instrumental Dance (Mwangolé/ Afrobeat/ Kuduru feat. Francisco Rebelo), DJ Battle e Kronic vs Tiago Santos + VJ Roka. Estas são algumas das muitas actividades para crianças e adultos que irão decorrer entre as 11h e as 23h.

Conheça o programa completo em www.pavconhecimento.pt. O bilhete de entrada tem o custo único de 1 euro.

De Fevereiro a Novembro, no último sábado de cada mês, o Pavilhão do Conhecimento celebra a relação da cultura científica e tecnológica com a música, a moda e o design, o teatro, as artes circenses, a literatura, a cultura popular e a dança, recebendo como directores Mário Laginha (músico), Cesário Costa (Orquestra Metropolitana de Lisboa), Bárbara Coutinho (directora do MUDE), Henrique Cayatte (designer), Teresa Ricou (directora do Chapitô), Catarina Portas (jornalista e empresária), Mark Deputter (director do Teatro Maria Matos), Patrícia Portela (encenadora e autora), Per Edvin Persson (director do Eureka Science Center, Finlândia) e Rui Horta (coreógrafo), entre outros.

Com esta iniciativa o Pavilhão do Conhecimento-Ciência Viva cumpre um dos seus grandes desejos para 2010: “ESTE ANO QUEM MANDA SOU EU!”.

Mais informações: Departamento de Comunicação Catarina Figueira 96 156 09 26

O Pavilhão do Conhecimento é membro de:

rede logo
ecsite logo
eusea logo
astc logo
icom logo
turismo logo


Newsletter


Concordo com a politica de privacidade e de tratamento de dados pessoais
Inscreva-se Inscreva-se