Comunicado de Imprensa

Ciclo de colóquios “A Matemática das Coisas”

03 de Março de 2006



Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva


 

As Tardes de Matemática estão de volta ao Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva.

Prosseguindo a colaboração com a Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM), no próximo Sábado, dia 11 de Março, às 15h00, é apresentada a nova iniciativa “A Matemática das Coisas”. E porque a Matemática está em muitas coisas na vida, convidámos um historiador, um químico, um arquitecto, um sociólogo e um padre a juntarem-se nestes colóquios aos matemáticos.

A par dos colóquios, o Departamento Educativo do Pavilhão disponibiliza para os participantes e restantes visitantes um atelier relativo ao tema do colóquio. “A máquina de fazer enigmas” é o tema do primeiro colóquio, que terá lugar no auditório do Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva no Sábado, dia 11 de Março, às 15h00. O investigador das Ciências dos Computadores Rogério Reis e o historiador António José Telo falarão sobre a importância da máquina Enigma, utilizada durante a Segunda Guerra Mundial pelos Nazis para codificar a informação transmitida.

A máquina foi uma das precursoras da criptografia moderna, e a quebra do seu código teve um papel fundamental na derrota da Alemanha. Essa quebra, ainda hoje envolta numa névoa de mistificação e engano, marca o momento de passagem da criptografia de uma obscura área da Linguística para a esfera de estudo da Matemática. Apesar de não directamente ligada ao aparecimento do primeiro computador digital, que foi desenvolvido na mesma altura e local mas para atacar uma cifra diferente, a quebra da "Enigma" ficará para sempre ligada à figura de Alan Turing, cujos trabalhos pioneiros podem ser considerados como os precursores da Ciência dos Computadores de hoje.

A propósito da temática deste primeiro colóquio, o Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva convida os visitantes a participarem num atelier sobre criptografia (códigos e descodificação), onde irá ser utilizado, entre outros, um dos métodos mais antigo de criptografia, o “Código de César”. Os participantes poderão aprender várias técnicas de encriptação, escrever as suas mensagens codificadas e tentar descobrir que método foi usado em textos codificados.

A entrada para o evento é gratuita e oferece a oportunidade de visitar também as exposições do Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva. Poderá haver tradução simultânea em Língua Gestual Portuguesa, após marcação.

Foto: http://www.spm.pt/imprensa/fotos/mat2.jpg

 

PROGRAMA

11 de Março A máquina de fazer enigmas

Rogério Reis (FCUP) e António José Telo (Academia Militar)

 

8 de Abril Mas afinal, que dia é hoje?

Henrique Leitão (FCUL), Margarida Pinto (SPM e Escola Secundária de Gama Barros) e Pe. Henrique Januário (Pastoral da Mobilidade)

 

13 de Maio Porque se chama fulereno (ou futeboleno) ao fulereno

Uma dupla incursão da Matemática e da Arquitectura na Química

António Guedes de Oliveira (FCUP), Margarida Bastos (FCUP) e João Pedro Xavier (FAUP)

 

3 de Junho A matemática dos encontros amorosos

Cristina Palma Conceição (CIES-ISCTE) e Fabio Chalub (UNL)

 

Local: Auditório do Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva

Hora: 15h00

Entrada gratuita

Tradução simultânea em Língua Gestual Portuguesa (após marcação)

 

Para mais informações: Gabinete de Imprensa da SPM Renata Ramalho Tel. 217 986 353 / 933 313 098 Email: spm@spm.pt

Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva Tel. 218 917 100 www.pavconhecimento.pt

ecsite logo
eusea logo
astc logo
icom logo
turismo logo


Newsletter


Inscreva-se Inscreva-se