Comunicado de Imprensa

O Cérebro - a próxima grande exposição do Pavilhão do Conhecimento - 90 mil visitantes já

07 de Janeiro de 2000



O Cérebro - a próxima grande exposição do Pavilhão do Conhecimento - 90 mil visitantes já


 

As exposições interactivas de ciência do Pavilhão do Conhecimento receberam, desde a sua abertura ao público em 27 de Julho até ao dia 31 de Dezembro, cerca de 90 mil visitantes.

 

O "record" de visitas registou-se no mês de Novembro, com 22.670 visitantes. O segundo mês mais concorrido foi Agosto (21.257 visitantes). Porém, o conjunto de visitantes do Pavilhão do Conhecimento foi muito superior, já que, a juntar ao número de visitantes das exposições, muitas pessoas utilizam a zona de acesso livre, onde se encontram a Mediateca e o Cib@rcafé (onde os 30 computadores multimédia ligados gratuitamente à Internet têm uma utilização constante, e onde diariamente decorrem sessões de introdução à Internet).

 

Recorde-se que as exposições patentes ao público são "Ciência e Desporto" (concebida pelo Science Museum de Londres), "Exploratorium" (Exploratorium de São Francisco), "Vê, Faz, Aprende" (Heureka, da Filândia e Techniquest, do Reino Unido), "O Vácuo" (Deutsches Museum de Munique) e "A Casa Inacabada" (La Villete, Paris). Entretanto, está já agendada a próxima grande exposição do Pavilhão do Conhecimento: chama-se "Cérebro" e virá do Experimentarium de Copenhaga, Dinamarca.

A sua abertura ao público deverá ocorrer em Maio.

Trata-se de uma exposição interactiva, onde o vistante poderá explorar o fascinante universo do cérebro, através de módulos baseados nas mais recentes descobertas da investigação científica. Pode ser vista, neste momento, em Viena de Áustria.

 

"O Cérebro" foi criada e desenvolvida pelo Danish Science Center Experimentarium, em cooperação com a organização do Ano Internacional do Cérebro, que ocorreu em 1997.

 

O Pavilhão do Conhecimento foi inaugurado em 25 de Julho de 1999, pelo Ministério da Ciência e da Tecnologia, integrado na rede de Centros do Programa Ciência Viva, destinado à promoção da cultura científica e tecnológica dos portugueses. Terminada que foi a sua fase de instalação, o Pavilhão do Conhecimento tem como directora Rosália Vargas - responsável pela Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica/Ciência Viva - e como presidente do Conselho Científico Alexandre Quintanilha, biólogo, presidente do Instituto de Biologia Molecular e Celular da Universidade do Porto.

 

MCT, 7 de Janeiro de 2000

O Pavilhão do Conhecimento é membro de:

rede logo
ecsite logo
eusea logo
astc logo
icom logo
turismo logo


Newsletter


Concordo com a politica de privacidade e de tratamento de dados pessoais
Inscreva-se Inscreva-se