Comunicado de Imprensa

Café de Ciência no Parlamento: Ciência Viva promove debate sobre as doenças zoonóticas

04 de Maio de 2021



Café de Ciência no Parlamento: Ciência Viva promove debate sobre as doenças zoonóticas
5 maio · 18.00 · Sessão on-line


O que são as doenças zoonóticas? Os cientistas conseguirão prever a próxima pandemia? A COVID-19 irá alterar a nossa relação com os animais e com os seus habitats? O mundo poderá usar o fim da pandemia para acelerar a transição verde?

 "O que aprendemos, mas ainda não sabemos, sobre as doenças zoonóticas" é o tema do 19.º Café de Ciência no Parlamento, que terá lugar amanhã5 de maio, às 18.00, e será transmitido em livestreaming. Investigadores, médicos e decisores políticos irão debater como podemos aprender com a presente pandemia para nos prepararmos para a emergência da próxima. Para que as respostas sejam mais rápidas e mais inclusivas.

A humanidade é periodicamente afetada pela emergência de epidemias e pandemias, que em tempos antigos eram conhecidas como "pestes". Hoje sabemos que na origem de cada epidemia esteve, frequentemente, a transferência de um agente infecioso através de um animal que nos estava próximo. Aprendemos muita coisa sobre estas infeções, a que chamamos zoonóticas, mas ainda temos uma enorme dificuldade em prever e conter eficazmente a "peste" seguinte.

As alterações climáticas, a perda de biodiversidade e a concentração em cidades têm impacto no surgimento de novas doenças infecciosas. Falar de saúde pública é também falar da saúde do planeta: sem estratégias preventivas, as pandemias surgirão com mais frequência.

Este debate conta com a participação de Edite Estrela (vice-presidente da Assembleia da República), Firmino Marques (presidente da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência, Juventude e Desporto), Maria Mota (Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes),Helder Cortes (Universidade de Évora), Anabela Cordeiro Silva (Instituto de Biologia Molecular e Celular do Porto - IBMC/I3S) e de investigadores de várias instituições: Direção-Geral da Alimentação e Veterinária, Escola Nacional de Saúde Pública, Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Universidade de Lisboa, Centro Hospitalar Universitário de São João, Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar, Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto - Departamento de Epidemiologia, Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto - Departamento: Saúde Pública Veterinária e Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

 O Café de Ciência no Parlamento é organizado pela Ciência Viva em colaboração com a Comissão Parlamentar de Educação, Ciência, Juventude e Desporto e a comunidade científica, a que se juntam, nesta edição, a Comissão Parlamentar de Saúde e a Comissão Parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território.

 

O Pavilhão do Conhecimento é membro de:

rede logo
ecsite logo
eusea logo
astc logo
turismo logo
icom logo


Newsletter


Inscreva-se Inscreva-se

icom logo

icom logo