Dia Internacional do Pi

MathGurl vem ao Pavilhão do Conhecimento partilhar o seu entusiasmo pela Matemática

No Dia do Pi convidamos Inês Guimarães para falar sobre o lado cool e divertido da Matemática. Afinal, como ela própria diz, a Matemática não é só fazer contas.

Quem é a Inês?

A Inês tem 20 anos, frequenta a licenciatura em Matemática na Universidade do Porto, e é uma comunicadora de ciência que também é Youtuber. Encontra-se ligada a vários projectos de divulgação matemática, sendo mais conhecida pelo seu canal no YouTube, MathGurl, com mais de 2.5 milhões de visualizações e e 72 000 subscritores. Colabora com o cantor Paulo Sousa levando às escolas o espectáculo “A Raiz do Problema” e é da sua autoria o conto infantil “A Terra da Mentemática”. Já participou em duas conferências TEDx e foi nomeada para melhor Youtuber de Ciência e Tecnologia no âmbito do evento YouFest Awards, em 2018. Ainda em 2018 publicou o primeiro livro da sua autoria “Desafios Matemáticos que te vão enlouquecer”.

 


Inscrições 

Sessão 11.00 (para alunos do 2º e 3º ciclo do ensino básico)

Sessão 12.00 (para alunos do ensino secundário e público em geral)

 

Participe também nas actividades que irão decorrer nos vários espaços do Pavilhão do Conhecimento.

Que número é o Pi? Qual a sua história? Onde anda o π nos nossos dias? E até que casa decimal consegue calcular o seu π?

Descubra ainda como diferentes civilizações calculavam o valor do π, imprima o seu π em 3D e construa objectos alusivos ao π com materiais diversos.

Consulte aqui o programa completo.

 

Alguns factos interessantes sobre o Pi

- O Pi é a constante matemática mais reconhecida no mundo, sendo considerado o número mais importante e intrigante em toda a matemática.

- O símbolo para pi (π) só começou a ser utilizado com sentido matemático nos últimos 250 anos.

- Não podemos medir exactamente a circunferência ou a área de um círculo, pois nunca saberemos verdadeiramente o valor de π

- Os egiptólogos ficaram fascinados porque a Grande Pirâmide de Gizé parece aproximar-se do π. A altura vertical da pirâmide tem a mesma relação com o perímetro da sua base, como o raio de um círculo tem com a sua circunferência.

- No alfabeto grego, π é a décima sexta letra, tal como no alfabeto inglês.

- Em 1995, Hiroyuki Goto memorizou 42.195 casas de pi, definindo um novo recorde mundial na altura. Actualmente, outro japonês, Akira Haraguchi, já memorizou 100.000 dígitos. Alguns estudiosos especulam que o japonês é mais adequado do que outros idiomas para memorizar sequências de números.

- Em 2002, um cientista japonês encontrou 1,24 trilhões de dígitos de pi usando um poderoso computador chamado Hitachi SR 8000. Com a tecnologia actual, o pi já foi calculado com mais de oito quatrilhões de casas decimais após a vírgula.

O Pavilhão do Conhecimento é membro de:

rede logo
ecsite logo
eusea logo
astc logo
turismo logo


Newsletter


Inscreva-se Inscreva-se