Nobel da Física explica tudo sobre neutrinos no Pavilhão do Conhecimento

Nobel da Física explica tudo sobre neutrinos no Pavilhão do Conhecimento


DIVULGAÇÃO IMEDIATA

Na próxima terça-feira, dia 6 de Setembro, às 18.00, Arthur B. McDonald, Prémio Nobel da Física em 2015, estará no Pavilhão do Conhecimento para falar das suas experiências com detectores de neutrinos no fundo de uma mina que mudaram a nossa compreensão do mundo das partículas. “A deeper understanding of the universe from 2 km underground” é o título da palestra, organizada em colaboração com a Sociedade Portuguesa de Física e com o LIP-Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas que participa nestas experiências desde 2005.

Os neutrinos são partículas elementares produzidas no universo, por exemplo pela fusão nuclear no interior de estrelas, e na Terra pela interação com os raios cósmicos na atmosfera terrestre ou em aceleradores de partículas e reactores nucleares. Muito difíceis de detectar, facilmente atravessam grandes extensões de rocha e por isso os detectores do Sudbury Neutrino Observatory (SNO) estão instalados a cerca de 2km de profundidade.

Estas experiências levaram à descoberta que os neutrinos têm massa, ao contrário do que que era previsto no Modelo Padrão da Física de Partículas, e valeram a Arthur B. McDonald o prémio da Academia Sueca, partilhado com o físico japonês Takaaki Kajita, do projecto SuperKamiokande. Esta descoberta levantou ainda questões importantes na fronteira entre a física de partículas e a cosmologia, que são objecto de uma nova geração de experiências.

Mais informações:
Unidade de Comunicação e Imagem
Catarina Figueira: 96 156 09 26




Partilhe




ecsite logo
eusea logo
astc logo
icom logo
turismo logo


Newsletter


Inscreva-se Inscreva-se