O Vácuo

Otto von Guericke realizou pela primeira vez em 1652, em Magdeburg uma experiência onde provou a existência do vácuo. 
Colocou duas meias esferas de cobre juntas de forma a obter uma esfera de cerca de 35 cm de diâmetro. Depois retirou o ar da esfera e emparelhou oito cavalos a cada uma das metades. Incitados a moverem-se, a força dos cavalos não foi suficiente para separar os dois hemisférios.

Estava provada a existência do nada : o vácuo.

Guericke foi mais além. Provou que o nada existe, que é uma contradição, mas que não deixa de ser verdadeira. Abriu caminho para uma nova perspectiva sobre a Terra e o Universo, bem como sobre a Tecnologia e a Ciência.

A técnica do vácuo é hoje essencial para a produção de inúmeros processos de fabricação industriais. Sem vácuo não haveria ecrãs de tv, computadores, raios x ou lâmpadas de iluminação.

A exposição "O Vácuo", concebida pelo Deutsches Museum, esteve patente de 25-07-1999 a 31-12-1999.

O Pavilhão do Conhecimento é membro de:

rede logo
ecsite logo
eusea logo
astc logo
icom logo
turismo logo


Newsletter


Concordo com a politica de privacidade e de tratamento de dados pessoais
Inscreva-se Inscreva-se