Conheça a riqueza do património paleontológico português no Pavilhão do Conhecimento

Conheça a riqueza do património paleontológico português no Pavilhão do Conhecimento


Portugal está entre os sete países do mundo com mais géneros de dinossauros identificados. Temos também as mais notáveis jazidas com pegadas de dinossauros e preparamo-nos para submeter trilhos de pegadas ibéricas a Património da Humanidade. 

No próximo sábado, 25 de Maio, às 16.00, o geólogo Galopim de Carvalho e Sofia Castel-Branco da Silveira, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, revelam a riqueza do património paleontológico português no Pavilhão do Conhecimento. Galopim de Carvalho irá partilhar com o público os esforços que tem dedicado à divulgação e defesa do património geológico nacional, em particular as pegadas de dinossauros. 

Este é o quinto encontro do ciclo "Quando as galinhas tinham dentes e os porcos tiverem asas", organizado pelo Pavilhão do Conhecimento em parceria com o Museu Nacional de História Natural e da Ciência, o Museu Geológico e o Museu da Lourinhã no âmbito da exposição "T.rex: quando as galinhas tinham dentes". 

Até Junho, especialistas das áreas da Paleontologia, Geologia, Biologia e Sociologia estarão à conversa uma vez por mês com o público sobre as expedições em busca de fósseis de dinossauros, as notáveis jazidas com pegadas que provam a sua passagem pelo nosso país, as histórias fantásticas que as rochas podem contar sobre a evolução da Terra e da vida, terminando com um olhar para o futuro da espécie humana. 

Estas conversas são dirigidas a miúdos e graúdos e terão lugar no Pavilhão do Conhecimento, no Museu Nacional de História Natural e da Ciência, no Museu Geológico, no Museu da Lourinhã e no Castelo de S. Jorge. A participação é gratuita. 

Programa completo em www.pavconhecimento.pt 

Mais informações:
Unidade de Comunicação e Imagem
Catarina Figueira – 96 156 09 26




Partilhe




ecsite logo
eusea logo
astc logo
icom logo
turismo logo


Newsletter


Inscreva-se Inscreva-se