Noite Europeia dos Investigadores – afinal eles são como nós!





O que têm em comum Bruno Nogueira e um cientista? Ambos conseguem pôr uma multidão a rir à gargalhada. E um cientista, o Mário Laginha e o Rui Unas? Bem, todos conseguem dar música aos nossos convidados e ainda receber um aplauso no fim.
Como vê, não é preciso ser cientista para se ter muito em comum com um deles.



Bruno Nogueira, Rui Unas, Mário Laginha e dezenas de investigadores marcam encontro no Pavilhão do Conhecimento na próxima sexta-feira, 23 de Setembro, na Noite Europeia dos Investigadores. No mesmo dia e à mesma hora, centenas de instituições científicas de 320 cidades europeias promovem uma noite informal entre cientistas e público de todas as idades.



Em Portugal, a iniciativa é organizada pela Ciência Viva, o Centro de Astrofísica da Universidade do Porto, o Instituto de Biologia Molecular e Celular, o Instituto Gulbenkian de Ciência e a Universidade do Porto Inovação.



Actividades experimentais, concertos, teatro, exposições, performances e flash-talks fazem parte do programa de dezenas de instituições científicas de norte a sul do país e dos Centros Ciência Viva. A entrada é gratuita.



No Pavilhão do Conhecimento a festa vai durar até altas horas da noite. Só é preciso ter pedalada para aguentar de pé desde as 18.00 às 02.00. Alguns pais vão pôr os filhos em casa da avó e alguns geeks vão ter de deixar as suas naves espaciais em piloto automático.



E o que acontece se colocarmos 11 investigadores dentro de uma Pecha Kucha, programarmos o relógio para 6,66666666 (7) minutos por cada investigador e carregarmos no botão Start? O resultado é imprevisível mas seguramente vai descobrir muitas coisas fantásticas que passam pela cabeça, pelas mãos e pelas bancadas destes investigadores.



Descubra como a ciência pode inspirar um ilustrador a desenhar em tempo real e um pianista a tirar notas do piano. Com a mesma inspiração, os finalistas do concurso de comunicação de ciência Famelab irão falar de pêndulos caóticos, tempestades fluviais e os efeitos visíveis do invisível (é provável que encontre alguns nerds na audiência mas não se preocupe: se a conversa chegar a um ponto que só eles percebem, ligamos os sprinklers da sala).



Entre na Cozinha é um Laboratório e atreva-se a brincar com bolhas explosivas e azoto líquido. Fique a ver estrelas a céu aberto com a ajuda de um telescópio e ponha à prova a sua cultura científica num quiz sobre Marie Curie.



A ciência está cheia de mitos e crenças. Na Noite Europeia dos Investigadores vamos desmistificar alguns deles. Se não se der por satisfeito, não hesite em puxar um cientista pelo braço e pedir-lhe para explicar melhor (mas peça licença porque, não se esqueça, um cientista é uma pessoa). Nesta noite vai ter muito por onde escolher.



E será que a ciência dá para rir? Não perca a actuação de stand-up comedy de Bruno Nogueira e dos Cientistas de Pé, o Rap científico de Rui Unas, e a performance das bandas de garagem de cientistas que são músicos nas horas vagas.



A Noite Europeia dos Investigadores será transmitida em directo pela SIC Notícias a partir do Pavilhão do Conhecimento (vê, ainda pode aparecer na TV...).



Programa completo em www.pavconhecimento.pt e www.nei2011.eu



Mais informações (só para Imprensa):

Catarina Figueira: 96 156 09 26

Ricardo Miguéis: 93 855 62 08




Partilhe




ecsite logo
eusea logo
astc logo
icom logo
turismo logo


Newsletter


Inscreva-se Inscreva-se