O amor cego!


O amor é cego!
Sexo... e então?!
 
Existe uma zona no cérebro que analisa tudo o que não gostamos numa pessoa (chama-se cíngulo posterior) e uma zona que analisa tudo o que achamos fixe nela (o cíngulo anterior). Quando estamos apaixonados, a primeira zona desliga-se completamente, logo não vemos os defeitos de quem gostamos, e a segunda acelera a fundo, por isso achamos essa pessoa espectacular!