Lanšador Ariane (ESA)


Os lançadores Ariane permitiram colocar em órbita mais de metade dos satélites comerciais do mundo e o lançamento de satélites é hoje uma área económica em expanção.

Para responder às solicitações do mercado mundial, o lançador Ariane 5 continuará a ser melhorado, prevendo-se a duplicação da sua capacidade de transporte nos próximos anos. Vega, o mais jovem membro desta família, permitirá o lançamento de pequenos satélites a custos mais baixos.

No futuro, a ESA pretende desenvolver lançadores completamente reutilizáveis e o empenhamento num programa de investigação a longo termo assegurará a competitividade da Europa no novo século.