PAVILHÃO DO CONHECIMENTO
CIÊNCIA VIVA
REDE CENTROS CIÊNCIA VIVA
facebookfacebookfacebookyoutubevimeo

O Pavilhão do Conhecimento é um dos locais preferidos dos turistas de todo o mundo.

Trip Advisor

Conheça o programa Ciência Viva.

Logo Ciência Viva

Já visitou os Centros Ciência Viva?
Descubra onde estão.

Logo Ciência Viva

Descubra este projecto inovador.

Escola Ciência Viva

Lia Vasconcelos, 25 de Junho 2015

 

25 de Junho | Lia Vasconcelos (Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa) | Ilhas de Plástico - Que fazer?

 

Vídeo da Conferência
 

 

70% da superfície do nosso planeta está coberta por oceanos. Cada vez mais os oceanos têm vindo a funcionar como local de despejo de lixo marinho, definido como "qualquer material duradouro, fabricado ou processado que é descartado, eliminado ou abandonado na costa ou no mar" (Marlisco Portugal). Grande parte do lixo marinho é constituído por plástico, um material que demora centenas de anos a desaparecer do meio ambiente e que no entanto utilizamos de forma descartável, em produtos que rapidamente deitamos fora. 

O lixo marinho é um problema global com impacto na biodiversidade e nos ecossistemas do meio marinho, bem como na economia e na saúde das populações. O que fazer para solucionar este problema?

 

Descarregue aqui o cartaz de divulgação

Descarregue aqui os slides da apresentação.

Fontes e impactos do lixo marinho (Jane Lee/Marlisco):




Biografia da conferencista:

 

Lia Vasconcelos é docente no Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT-UNL) e investigadora do MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente. É doutorada em Engenharia do Ambiente e Sistemas Sociais e investiga novas formas de tomada de decisão e governança em planeamento e ambiente.

 
Lia Vasconcelos participou e coordenou diversos projectos nacionais e europeus no âmbito da consciência ambiental. Coordenou o projecto MARGov – Colaborar para Proteger, um modelo colaborativo de governância para áreas marinhas protegidas, pelo qual recebeu em 2008 o Galardão Gulbenkian/Oceanário de Lisboa. Mais recentemente coordenou, na FCT-UNL, a componente participativa do projecto europeu MARLISCO – Juntos por um Mar sem Lixo.


 

O Ciclo de Conferências Ciência Viva tem como media partner o jornal Público.

A conferência "Ilhas de Plástico - Que Fazer?" teve o apoio do projecto europeu Sea for Society - Towards a Blue Society.