PAVILHÃO DO CONHECIMENTO
CIÊNCIA VIVA
REDE CENTROS CIÊNCIA VIVA
facebookfacebookfacebook
joaninha

Joaninha

As joaninhas devoram anualmente milhões de pulgões nos jardins. As suas reluzentes pintas pretas advertem um sabor amargo e afugentam possíveis predadores, mas o pulgão não se apercebe da sua aproximação!

As joaninhas fazem parte da ordem dos coleópteros (escaravelhos), a maior de todas as ordens de insectos, com mais de 300 mil espécies conhecidas. Nos climas mais temperados, há menos espécies, mas reproduzem-se em maior quantidade. Nos trópicos, passa-se o contrário: há mais espécies, mas menos indivíduos.

Embora os escaravelhos sejam na sua maioria castanhos escuros ou pretos, alguns têm uma cor viva, como as joaninhas, ou tons metálicos de vermelho, verde, azul e dourado.

 

Asas: Asas inferiores (para voar) ocultas por asas superiores, vermelhas com pintas (élitros).

Pintas: estas têm sete pintas; outras poderão ter mais ou menos.

Cor: o preto, o amarelo e o vermelho são cores de aviso em todos os insectos.

Comida: tanto as larvas como os adultos caçam pulgões e outros insectos.

Ovos: um só insecto pode pôr mais de mil ovos em cada estação.

Patas: 6 (3 pares), por serem insectos.

Exoesqueleto: os insectos têm uma carapaça endurecida.

Corpo: cabeça, tórax, abdómen [a indicar por setas].

 

Ajudantes: algumas espécies de joaninhas são compradas por agricultores para controlar outras espécies de que se alimentam que são prejudiciais às culturas do homem.

Início do século XIX: as joaninhas salvaram a produção de laranjas da Califórnia ao comer os insectos que destroem a fruta.

Frio de gelar: as joaninhas hibernam em grandes aglomerados, amontoando-se para se proteger contra o frio.

Mitos e lendas I: A joaninha também é conhecida por boas-novas ou em brasileiro por vaquinha. Em inglês, chamam-se ladybirds (Dona Ave), ladybugs (Dona Insecto), ladycows (Dona Vaca), e beetles of Our Lady (escaravelhos da Nossa Senhora) devido à crença de que foram dedicadas à Virgem Maria.

Mitos e lendas II: as joaninhas dão sorte.

Mitos e lendas III: quando se encontra uma joaninha existe o hábito popular de a segurar nos dedos e dizer “Joaninha Voa Voa vai ter com o teu pai que está em Lisboa...”, com o significado de levar boas novas. A versão inglesa diz: Joaninha vai-te embora / Tens a casa a arder/ E os teus filhos a morrer e refere-se à antiga prática de queimar as hastes do lúpulo após as colheitas, hastes essas que serviam de casa a milhões de joaninhas.

Metamorfose completa: ovo, larva , pupa e adulto.

Espécies: só na Europa, há cerca de 100 espécies.

História de sucesso: todos os animais do grupo dos escaravelhos têm uma couraça, que lhes permite viver em ambientes inóspitos sem prejuízo das suas asas e abdómenes.

Grande grupo: os escaravelhos constituem cerca de um terço das espécies de todo o reino animal!