PAVILHÃO DO CONHECIMENTO
CIÊNCIA VIVA
REDE CENTROS CIÊNCIA VIVA
facebookfacebookfacebook

Exposição em Fuga


    Alguns módulos interactivos do Pavilhão do Conhecimento puseram-se em fuga das salas de exposições e estão espalhados por todo o edifício. Venha visitá-los antes que fujam.

    Quando entrar no Pavilhão olhe para a sua esquerda. Vai sentir a cabeça a andar à roda com o nosso clinostato. Esta maquineta giratória produzida pelo Pavilhão do Conhecimento levanta uma questão intrigante: no Espaço, onde não há cima nem baixo, como é que uma planta sabe para onde deve crescer?

    É natural que tenha ficado um pouco tonto com esta experiência, mas não se preocupe. Logo ali, depois da bilheteira, pode puxar uma cadeira para descansar um pouco. Oh não!, sente que o mundo está a crescer à sua volta?... Será um efeito do clinostato? Não, na realidade, é a nossa mobília gigante que o faz sentir-se como se fosse uma criança de 3 anos. Não é bom mudar de perspectiva de vez em quando? Então experimente a anamorfose oblíqua no longo corredor escuro. Aqui é um cubo, ali já não é.

    Ainda sente uma leve tontura? Suficientemente forte para não arriscar um passeio vertiginoso de bicicleta num cabo a seis metros do solo? Confie nas leis da física. Aqui, mesmo que quisesse cair, não iria conseguir.

    Depois de uma visita ao Pavilhão, o mundo pode continuar a ser o mesmo, mas a forma como olhamos para ele é que não.

    lateral_fugas1

    lateral_fugas2

    lateral_fugas3