facebookfacebookfacebook

O Pavilhão do Conhecimento é um dos locais preferidos dos turistas de todo o mundo.

Trip Advisor

Conheça o programa Ciência Viva.

Logo Ciência Viva

Já visitou os Centros Ciência Viva?
Descubra onde estão.

Logo Ciência Viva

Descubra este projecto inovador.

Escola Ciência Viva

LHC: a máquina do Big Bang

 

 

Albert De Roeck, cientista do CERN envolvido na experiência CMS, e André David, jovem investigador do LIP - Laboratório de Instrumentação e Física de Partículas, apresentam no Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva os últimos resultados da procura do bosão de Higgs. A sessão é aberta ao público e realiza-se no próximo dia 4 de Setembro, às 17.00.  

 

Portugal participa neste projecto com mais de uma centena de cientistas de várias universidades portuguesas.

 

Os dados obtidos no LHC apontam para a existência de uma nova partícula compatível com o bosão de Higgs com um grau de certeza superior a uma parte por milhão. Isto significa que a probabilidade de se tratar de um acaso é igual à de sair 4 vezes seguidas o mesmo número numa roleta.

 

O que é o bosão de Higgs? Qual a sua importância para a estrutura do Universo? Estas serão algumas das questões que poderá ver esclarecidas nesta sessão, que integra a programação da CMS Week 2012, reunião internacional da colaboração CMS que decorre em Lisboa.

 

A participação na sessão pública no Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva é gratuita, mas requer inscrição prévia.

 


"The Large Hadron Collider: The Big Bang Machine" é apresentada por Albert De Roeck, investigador no CERN e professor convidado nas Universidades de Antuérpia (Bélgica), IPPP Durham (Reino Unido) e da Califórnia em Davis (UC-Davis, E.U.A.). Doutorou-se numa experiência de alvo fixo no CERN, estudando a dinâmica de produção de partículas em colisões de protões contra protões e protões contra núcleos atómicos. Voltou ao CERN há pouco mais de 10 anos para trabalhar na experiência OPAL no anterior acelerador LEP, e na experiência CMS em LHC. Em CMS já passou por cargos de grande responsabilidade, nomeadamente coordenador da simulação, coordenador das análises de física para o relatório técnico e de desenho da experiência, vice-responsável da experiência, e finalmente responsável pelo grupo de análise de Física do Higgs.